PROCEDIMENTOS DE EXCLUSÃO E INTERDIÇÃO

Novo Tópico   Responder ao tópico

Ir em baixo

PROCEDIMENTOS DE EXCLUSÃO E INTERDIÇÃO

Mensagem por Lais em Seg Set 10, 2018 2:45 pm

Focault, ao analisar as relações entre as práticas discursivas e os poderes que as permeiam, de início, indaga: o que há, enfim, de tão perigoso no fato de as pessoas falarem e de seus discursos proliferarem indefinidamente? Onde, afinal, está o perigo?
A partir destes questionamentos, Focault constrói a sua narrativa supondo que em toda sociedade a produção do discurso é ao mesmo tempo controlada e constituída por “procedimentos que têm por função conjurar seus poderes e perigos, dominar seu acontecimento aleatório, esquivar sua pesada e temível materialidade”. Cita, assim, os procedimentos de exclusão e de interdição presentes em nossa sociedade, ou seja, há um controle dos discursos. Se dita o que deve ser dito, quando deve ser dito e quem pode dizer.
No rito de uma sociedade democrática, ao menos em termos do que fora positivado por meio das leis, como no caso brasileiro, há o direito à livre liberdade de expressão, poderíamos dizer, à liberdade de discursos, porém, além das ressalvas pertinentes ao exercício de qualquer direito, já que nenhum deles é absoluto, há as ressalvas pré-estabelecidas de poderes que definem “a ordem do discurso”, que diz o que deve ser dito e quem pode dizer. Há quem determine a legitimidade do dizer. Assim, pertinente levantarmos o seguinte questionamento: qualquer discurso é válido?    


Última edição por Lais em Seg Set 10, 2018 3:00 pm, editado 1 vez(es)

Lais

Mensagens : 11
Data de inscrição : 10/09/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: PROCEDIMENTOS DE EXCLUSÃO E INTERDIÇÃO

Mensagem por Nazaré dos Santos Costa A em Seg Set 10, 2018 2:52 pm

Focault externaliza o desejo de fugir do discurso formal, exato e instituído. Porém, ainda segundo o mesmo " as instituições afirmam que é ela quem empodera-o para fazer uso do discurso organizado, planejado.

Nazaré dos Santos Costa A

Mensagens : 7
Data de inscrição : 10/09/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: PROCEDIMENTOS DE EXCLUSÃO E INTERDIÇÃO

Mensagem por Fonseca em Seg Set 10, 2018 3:09 pm

Existe em toda sociedade, visto que em todas elas há discursos, meios de exclusão e interdição. Se o discurso sofre esse assujeitamento dos indivíduos que o determinam, logo ele será válido dependendo do contexto de sua produção (quem fala/ouve, como fala/ouve, onde fala/ouve, etc).
Tomemos como exemplo a participação de um membro em um partido político. Se o indivíduo passa a proferir discursos contrários aos ideais de seu partido, ele será logo excluído por infidelidade partidária. O seu discurso pode ser até pertinente e denunciar atitudes que não concorda em seu partido, porém, para os membros que compartilham as ideologias ali presentes, esse será um discurso invalidado, pronunciado por um traidor. Já para um espectador de outro partido, aquele mesmo discurso pode ser válido, acolhido e multiplicado.
“Por mais que o discurso seja aparentemente bem pouca coisa, as interdições que o atingem revelam logo, rapidamente,sua ligação com o desejo e com o poder.” (FOCAULT, P.10)
avatar
Fonseca

Mensagens : 5
Data de inscrição : 10/09/2018
Idade : 26

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: PROCEDIMENTOS DE EXCLUSÃO E INTERDIÇÃO

Mensagem por denise em Seg Set 10, 2018 3:25 pm

Acompanhando as discussões! cyclops Vamos esquentar cherry esse fórum!Aguardando a participação dos demais!!!! Very Happy
avatar
denise
Admin

Mensagens : 3
Data de inscrição : 09/09/2018

Ver perfil do usuário http://discurso.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: PROCEDIMENTOS DE EXCLUSÃO E INTERDIÇÃO

Mensagem por Lais em Seg Set 10, 2018 3:31 pm

Por isso, Nazaré, ele coloca que gostaria de ser envolvido pela palavra, ao invés de tomá-la, levando-nos a pensar logo de início o seu desejo de não discursar como aquele que detém o poder da palavra ou que fala por meio de um rito estabelecido, mas como o que faz uso dos signos para dizer algo de modo espontâneo, de deixar que as palavras fluam no decorrer do discurso. Isso, porém, não descaracteriza o discurso e suas implicações sociais.

Lais

Mensagens : 11
Data de inscrição : 10/09/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: PROCEDIMENTOS DE EXCLUSÃO E INTERDIÇÃO

Mensagem por Nazaré dos Santos Costa A em Seg Set 10, 2018 3:41 pm

Analisando no texto, Foucault coloca de forma muito interessante a ideia do Discurso como a explicitação do mundo, a verbalização de uma realidade posta e na qual os locutários estão inseridos . O Discurso oportuniza a compreensão, interpretação, reorganização e a dessacralização das coisas. Este tem força criadora e produtiva e contribui para a materialização das ideologias. Foucault diz que o Discurso não é simplismente aquilo que se manifesta(ou oculta) o desejo; é também aquilo que é o objeto do desejo.



Nazaré dos Santos Costa A

Mensagens : 7
Data de inscrição : 10/09/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: PROCEDIMENTOS DE EXCLUSÃO E INTERDIÇÃO

Mensagem por Vaneza Oliveira em Seg Set 10, 2018 4:08 pm

A partir da discussão de Foucault questionamos a liberdade do discurso. Uma vez que nosso discurso é validado por forças externas, sofremos a interdição, o controle e dependemos de estar afinados ao discurso oficial para que nossa fala seja considerada verdadeira, aceita.

Vaneza Oliveira

Mensagens : 9
Data de inscrição : 10/09/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Verdade do discurso

Mensagem por Maria Florencia em Seg Set 10, 2018 7:53 pm

Nessa linha da legitimidade do discurso, ou seja quem está autorizado a dizer? e a dizer o que? existe realmente liberdade de expressão e diretos democráticos considerando que ao mesmo tempo existe uma ordem de discurso que constrói, reproduz e mantém o discurso daqueles que estão no poder e exclui uma grande minoria por meio dos processos de interdição, sistema de verdadexfalso, rarefacao dos sujeitos dificultando os processos de ruptura e deslocamento do discurso da ordem do poder.

Maria Florencia
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: PROCEDIMENTOS DE EXCLUSÃO E INTERDIÇÃO

Mensagem por Edicarla correia em Seg Set 10, 2018 9:15 pm

nós como professores, estudantes de um programa de mestrado, percebemos que acabamos dentro de uma situação de um novo status no lugar de fala, de relação de poder no discurso, buscando através das análises e reflexões construídas nestes momentos a rarefação dos discursos e de nós mesmos, sujeitos ativos dos discursos que tomamos um novo lugar de fala e de poder neste sistema, neste processo de deslocamento da ordem do discurso, da linguagem, fala e do poder.

Edicarla correia

Mensagens : 7
Data de inscrição : 10/09/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: PROCEDIMENTOS DE EXCLUSÃO E INTERDIÇÃO

Mensagem por Alberthyvania em Seg Set 10, 2018 10:11 pm

Há significado em todas as palavras, conscientes ou não todos os discursos são baseados em intenções, são as sociedade que limitam ou até invalidam os discursos através de suas regras pré-estabelecidas, acabando por selecionar o que deve ou não ser exteriorizado, essa ação social confirma a ideia de que saber e poder estão juntos. Daí o medo do discurso do louco da Idade Média, citado por Foucault p. 10,11: "O louco é aquele cujo discurso não pode circular como os dos outros[...]era através de suas palavras que se reconhecia a loucura do louco; elas eram o lugar onde se exercia a separação". Esse pensamento explicita diretamente o poder do discurso e a necessidade social de torná-lo aprisionado, quando este vai de encontro as suas intenções. Ignorá-lo, discriminá-lo e marginalizá-lo só confirma que todo discurso é válido, por expor exatamente quem é o sujeito que o expressa e qual tipo de sociedade que esse sujeito está inserido.

Alberthyvania

Mensagens : 8
Data de inscrição : 10/09/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: PROCEDIMENTOS DE EXCLUSÃO E INTERDIÇÃO

Mensagem por Gerlane Lima S. Dourado em Ter Set 11, 2018 3:09 pm

É bem pertinente mesmo refletirmos sobre isso, Laís, pois além de percebermos o que Foucault nos apresenta como sistemas de exclusão, a saber: interdição da palavra; segregação da loucura; vontade de verdade, temos a compreensão do quão poderoso é o discurso, - era através do dele, inclusive, que o médico diagnosticava um louco - como pode-se classificar quem o profere ou como os ditos e interditos podem produzir pensamentos.
Assim sendo, realmente nem todos discurso é válido, pois ele está sujeito à imposições de regras. O controle.
Contextualizando com a pós-graduação, as pesquisas, ela se ampara pela Vontade de Verdade, na qual precisamos nos munir de instrumentos técnicos de conhecimento
a que institucionalmente, nos seja dada voz, para que possamos proferir discurso, para que o nosso saber seja considerado. Desta forma, a ciência pode também ser entendida como um sistema de controle, como procedimento de exclusão, não?
avatar
Gerlane Lima S. Dourado

Mensagens : 4
Data de inscrição : 10/09/2018
Idade : 38

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: PROCEDIMENTOS DE EXCLUSÃO E INTERDIÇÃO

Mensagem por Gustavo Ellias em Ter Set 18, 2018 9:07 pm

O primeiro princípio de exclusão,de acordo com Foucault, remete à interdição, onde os direitos e proibições ao relação falar são designados. A interdição/inibição da fala do sujeito o mitiga de falar qualquer coisa em qualquer lugar: "não se tem o direito de dizer tudo, que não se pode falar de tudo em qualquer circunstância, que qualquer um, enfim, não pode falar de qualquer coisa." (FOULCAULT, 2013:9). Existem em nossa sociedade alguns “buracos negros” da interdição, que remetem aos discurso da sexualidade e da política.
avatar
Gustavo Ellias

Mensagens : 3
Data de inscrição : 18/09/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: PROCEDIMENTOS DE EXCLUSÃO E INTERDIÇÃO

Mensagem por Juliana Mota Lima em Sab Set 22, 2018 1:11 am

É interessante discutir sobre esses procedimentos de controle e delimitação de discurso, nos quais existe uma relação de poder, o qual se manifesta através da disciplina, controlando e limitando determinados discursos. Diante de análises de situações diferentes, percebemos essa questão do lugar de fala do sujeito, embora a sociedade brasileira seja democrática, nem tudo pode ser dito por qualquer pessoa em qualquer contexto, pois existem relações de poder pré-estabelecidas na ordem do discurso que precisam ser consideradas.

Juliana Mota Lima

Mensagens : 8
Data de inscrição : 10/09/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: PROCEDIMENTOS DE EXCLUSÃO E INTERDIÇÃO

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você pode responder aos tópicos neste fórum